Fairy Tail Walker

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 16 em Ter Fev 04, 2014 10:29 pm
Últimos assuntos
» Controle de Chaves Estelares
Qui Abr 17, 2014 12:07 am por Miya T. Akiyama

» Controle de Personagens
Qui Abr 17, 2014 12:01 am por Miya T. Akiyama

» Entrada de Kaori
Sab Mar 22, 2014 10:18 pm por Asuna T. Kurosaki

» [Magic changes] Meru
Sab Mar 22, 2014 5:58 pm por Sayuri Baka

» Pedido de quest: Tio Loki
Sex Mar 21, 2014 6:25 pm por MeruMeru

» Missões - Meru
Sex Mar 21, 2014 1:21 pm por Asuna T. Kurosaki

» Mudanças de Ficha - Meru ~OuO~
Qui Mar 20, 2014 11:52 pm por Asuna T. Kurosaki

» Entrada de Rurushu na FT
Qui Mar 20, 2014 7:10 pm por Ryuuko

» Entrada - Meru
Qua Mar 19, 2014 7:00 pm por MeruMeru

» Entrada na Fairy Tail
Qua Mar 19, 2014 12:53 pm por Uriel Elion

Os membros mais ativos da semana

Parceiros
Guilds

    Guildas Oficiais
  • Fairy Tail - 8/14 Membros
  • Blue Pegasus - 2/14 Membros
  • Lamia Scale - 2/14 Membros
  • Sabertooth - 8/14 Membros
  • Mermaid Heel - 9/14 Membros

Dark Guils

    Guildas das Trevas
  • Tartarus - 3/9 Membros
  • Oración Seis - 2/6 Membros
  • Grimoire Heart - 1/9 Membros
  • Raven Tail - 2/14 Membros


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

"Missões" - Robin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 "Missões" - Robin em Dom Fev 09, 2014 5:36 pm

Malditos voadores.
Rank: D
Classe: Assassinato
Recompensa: 100.000 J
Descrição: Uma senhora se sente incomodada com barulhos que escuta à noite. Ela acha que são morcegos em seu sótão. Sua missão é matar os morcegos, caso não haja nenhum, acabe com qualquer coisa que possa estar incomodando as noites de sono da cliente.



Olhava curiosamente para o quadro enorme das missões e procurava alguma missão relativamente baixa para o meu rank, procurei e procurei até que finalmente encontrei um panfleto antigo com a missão perfeita para mim. Arrancava o panfleto da placa de cortiça e o enrolando o coloco no interior do meu bolso traseiro dos meus calções laranjas, aproximei-me do pequeno balcão e peço à empregada da guilda que me arranja-se um garrafa de água natural e algumas azeitonas empoleirei-me e ai disse:
- Bom dia, pode me chegar ai uma garrafa de água e umas azeitonas por favor?
- Claro Robin - dizia ela enquanto limpava um copo de vidro finíssimo. - Afinal, é desta que vais realizar alguma missão?
Suspiro mantendo a minha serenidade e respondo seriamente:
- Certamente querida, vou apenas tomar algo para pequeno almoço e finalmente vou-me por no ir,
A empregada finalmente traz-me as minhas desejadas azeitonas e a garrafa de água, bebo dois goles e acabo de comer as azeitonas e me levantando digo colocando as mãos no balcão:
- Pronto, hora de ir, até depois.
- Até logo Robin! - despede-se deixando cair o copo no chão.
Saí da guilda e pegando o folheto do meu bolso começo a lê-lo para saber a localização/ destino da missão, era uma pequena pensão na ponta norte da cidade, sendo assim começo a ir ao meu destino, caminhava e caminhava e começava a duvidar se aquela seria mesmo a missão ideal para mim, mas enfim sem um pequeno esforço não posso fazer nada. Depois de uma longa hora e alguns minutos começo a avistar de longe a pensão de dois andares cheia de musgo e a cair aos pedaços, aproximo-me e tento ver se alguém está em casa. Olho para as janelas e tento perceber se alguém vivia ali, olho para a janela da esquerda e percebo que estava lá uma senhora espreitando para o exterior que logo se escondeu quando se apercebeu que a tinha avistado. Bato duas vezes na porta velha e aguardo a senhora, começo a ouvir ela a caminhar sobre as escadas descendo para o piso inferior e se encostando a um vidro da porta ela pergunta com uma voz rouca e baixa:
- O que você quer garota?
Ouço a mulher a falar e em seguida respondo calmamente tentando esclarecer a situação:
- Eu vim aqui ajudar com o caso dos barulhos misteriosos.
- Oh sim, entra entra!
Sem mais demoras a velha curvada convida-me para entrar e para me sentar num sofá cheio do pó e pergunta:
- Vais querer um chá jovem?
- Não obrigada, gostava de ser breve por favor.
- Oh sim sim, segue-me.
A velha puxa-me pela manda da camisola até ao segundo piso e tenta informar-me de que era no final do corredor principal pelas escadas-alçapão que iriam dar ao sótão antigo, a senhora aterrorizada não sabia o que haveria de fazer para que aqueles barulhos que lhe provocavam insónias parassem sem mais demoras pego a minha "Kami no Spear" dourada e digo:
- Não se preocupe eu vou tratar de tudo.
Caminho na direcção do alçapão e puxando a corda o abro deixando as escadas caírem para eu poder subir, subo finalmente e noto uma grande escuridão que me impedia de enxergar todo o sótão na perfeição, sendo assim abro as cortinas poeirentas deixando entrar alguma claridade naquele quarto. Foi quando abri as cortinas que subitamente cerca de 4 morcegos voaram na minha direcção tentando-se afastar da luz e me atacar, cruzando os braços criei 8 plantas (com a forma de membros humanos) que imobilizaram todos os morcegos rapidamente.
- Adeus.
E com a Kami no Spear desfiro um golpe certeiro e preciso nos corpos dos morcegos os matando, com as plantas a se transformarem em pétalas de Sakura cobrem os corpos destruídos das criaturas, salto do alçapão de volta para o ocrredor da pensão e apenas digo à velha:
- Não precisa se preocupar mais.
- Muito obrigada menina, muito muito obrigada. - agradecia ela muito animada e feliz.
Logo saí da pensão e parti novamente para a sede da guilda.

Ver perfil do usuário

2 Re: "Missões" - Robin em Dom Fev 09, 2014 5:52 pm

YuiYui

avatar
Mestra da Guilda
Mestra da Guilda
OFF : Aprovada.


_________________
Ver perfil do usuário

3 Re: "Missões" - Robin em Dom Fev 09, 2014 6:28 pm

A princesinha.
Rank: D
Classe: Vigia.
Recompensa: 100.000 J
Descrição: Um magnata muito rico de Magnólia vai dar uma grande festa, sua filha estará lá. Seu objetivo é se disfarçar de convidado e observar a garota sem que a mesma o perceba. Mate qualquer um que tente sequestrá-la ou matá-la, o cliente teme algo assim.



Acabava de sair do chuveiro do meu quarto, com a toalha enrolada no meu corpo vou até ao armário do lado esquerdo da minha cama e pego algumas roupas, uns calções laranjas, uma camisola azul de lã comprida e com o cabelo apanhado já me preparava para ficar o resto da noite em casa a descansar de um dia longo de caminhada. Vou até à cama e deixo-me cair para trás no colchão confortável e fofo, já com alguma dormência começava a ficar com sono e esqueci-me que tinha um compromisso nessa mesma noite.
Já com os olhos entreabertos olho par ao tecto e foi aí que finalmente me recordei de que teria que ir vigiar uma garota filha de um grande magnata de Magnólia, praticamente salto da cama para fora e pegando um casaco saio a correr deixando a minha Kami no Spear no quarto da guilda. Desço as escadas na correria e tropeçando em algumas apenas salto e nem ligo para o caso de me magoar, certamente iria chegar atrasada. Passo pelo balcão e atirando o dinheiro que tinha ficado a dever no dia anterior enquanto corro e digo rapidamente:
- O pagamento de ontem, agora tenho de ir!
Continuava a correr fugaz e apressadamente, assim que me começo a aproximar do local da festa reparo que é num salão enorme com cúpulas, cornijas, balastraudas e todo o tipo de elementos arquitectónicos clássicos. Era um local de alta classe e categoria, aproximava-me dos enormes portões e reparo novamente que eu não estava com a roupa adequada para a festa, pensava para mim mesma:
- Vou ter que correr novamente? Ou não espera! Vou pegar naquela carruagem e ir até à guilda.
Corro na direcção de uma carruagem um pouco invulgar mas sem me importar subo e dando uma pequena chicoteada ao cavalo parto em direcção da guilda independentemente de quem estivesse lá dentro. os cascos do cavalo batiam na calçada de pedra criando um efeito a galope e assim cheguei em menos tempo à guilda, salto da carruagem e nesse exacto momento ouço uma conversa vinda do interior da carruagem.
Pareciam ser dois homens, e era algo do tipo:
- Pronto, agora é só sairmos e sequestrar a filhinha dele, vamos rápido!
- Espera! Não achas melhor matá-la logo?
- Claro que não seu idiota, se ela estiver viva ganhamos muito dinheiro|
- Acho que tens razão, vamos!

De seguida os dois indivíduos suspeitos saem da carruagem e logo são presos por inúmeros chicotes de cipó que os amarram um ao outro, sem mais demoras crio várias plantas que me ajudam a carregar os dois criminosos e os colocando novamente dentro da carruagem partimos na direcção da mansão do grande magnata. Chego finalmente à mansão onde se encontrava o pai da "princesa" da festa e entrando no seu escritório largo os dois e digo:
- Aqui estão os criminosos que queriam magoar a sua filha, agora a minha recompensa que preciso ir numa festa. - com um tom de ironia.
Finalmente acabei por conseguir ir à festa com o seu vestido preto e azul escuro até aos joelhos a sua bracelete no ombro e o seu chapéu de estilo mais "cowgirl" branco e aproveitei a noite mesmo sonambula enquanto dançava.


_________________


"Quem não conhece a história não merece fazer parte dela"
Ver perfil do usuário

4 Re: "Missões" - Robin em Dom Fev 09, 2014 6:53 pm

YuiYui

avatar
Mestra da Guilda
Mestra da Guilda
OFF : Aprovada.


_________________
Ver perfil do usuário

5 Re: "Missões" - Robin em Seg Fev 10, 2014 10:26 pm

Perseguição
Rank: C
Classe: Perseguição
Recompensa: 200.000 J
Descrição: Uma garota é maníaca por um ídolo que vai fazer um show na cidade, seu objetivo é perseguir stalkear qualquer garota que tente chegar perto dele.




Calma, estava a ler na biblioteca enorme e velha da cidade, sentada num banco de madeira e uma enorme mesa de pedra eu estava, com um enorme monte de livros em cima da mesma eu lia um por um serenamente e sabiamente. Interessantes livros de todos os tipos de formas de histórias e contos, aventura, romance, enciclopédias e até história antiga, que na minha opinião são os melhores. Talvez um novo conhecimento sobre o tema "História" fosse o que precisava para desanuviar, ou talvez não. O relógio apontava as 12:00 certas, e hoje era o concerto de um tal garoto muito conhecido entre as adolescentes, era um tal de Justino Fairy ( ), elas pareciam adorar demasiado aquele miúdo. Mas já que era o meu trabalho devia protegê-lo mesmo não me importando. Faltavam duas horas para o espectáculo do garoto e já se ouviam os gritos das miúdas desesperadas por atenção e os olhares supostamente belos e sedutores de um miúdo de 14 anos. Ele ainda nem tinha chegado na sua vigorosa carroça cristalizada e todas elas gritavam o seu nome para o palco fugazes, ofegantes e impacientes com a usa chegada.
Já tinha percebido que era melhor ir mais cedo para tentar proteger os seguranças dele também, mas primeiro teria que fazer uma pequena paragem na guilda.
- Desculpe menina, mas agora vamos encerrar para almoço, peço-lhe que volte mais tarde à biblioteca. - afirmou a bibliotecária amigável.
- Muito bem, eu volto mais tarde então, obrigada. - digo despedindo-me dela.
Levanto-me e abandono a biblioteca e ao observar a praça principal consigo perceber que existe uma multidão feminina adolescente tentando subir para os bastidores e o palco do espectáculo, com um suspiro caminho na direcção deles e penso sozinha:
- Parece que não vou poder ir à guilda buscar a minha lança...
Aproximo-me da multidão e tento passar para a linha da frente, mas sem resultado todas as garotas me empurram e saltam aos montes, aquilo sim era um verdadeiro caos. Já um pouco irritada mas mantendo a minha expressão serena cruzo os braços fazendo uma formação em "X" e controlando todas aquelas adolescentes histéricas as obrigo a abrir um caminho até ao palco por onde eu paço sem quaisquer problemas. Finalmente chegando à linha dos seguranças mantenho todas agrupadas e sossegadas enquanto aguardam pelo seu ídolo chegar finalmente ao local.
Eram cerca de 13:55 e praticamente teriam passado duas horas e com o ruído dos cavalos da carroça do Justino Fairy libertei parcialmente as garotas as impedindo de sair do mesmo lugar todas começaram aos gritos enquanto o miúdo irritante e famosos chegava para cantar.
Depois de horas de música irritante e chata o concerto finalmente teria acabado e com todas as garotas fora dali finalmente pude descansar um pouco de tanta barafunda acumulada, desci do palco e dirigi-me novamente à biblioteca para continuar o meu estudo calmo e divertido.


_________________


"Quem não conhece a história não merece fazer parte dela"
Ver perfil do usuário

6 Re: "Missões" - Robin em Seg Fev 10, 2014 10:38 pm

Miya T. Akiyama

avatar
Mestra da Guilda
Mestra da Guilda
Aprovada


_________________


Strong
Determination
Courage





Sekai de Ichiban Ohime-sama
The manipulative of Imagination and Illusions Miya Tenshi Akiyama Guild Master of Mermaid Hells


Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum